quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

TENHA UM OBJETIVO


Você tem sonhos, tem capacidade, tem vontade de fazer alguma coisa, mas que coisa é essa? O que realmente eu quero? Qual meu objetivo? Você poder ter tantas opções que não sabe qual escolher, como pode não ter nenhum e não sabe o que fazer para ter.

Esse post é bem rapidinho, vem comigo e se prepare para um novo ano com realizações.
Pegue papel e lápis e faça essas perguntinhas para você e responda com TODA sinceridade. Não tenha vergonha e nem receio de ser sincero com você mesmo.



Pense...

O que você deseja realmente para sua vida? 
Onde você quer que aconteça?
Qual a evidência de que você conseguiu?
O que você ganha se obtiver isso?
O que você perde se obtiver?
Qual a importância de ter isso?
Do que você vai precisar ter para obter isso?
Quais as formas ou meios para conseguir?
Quais são os passos para obter isso?
Qual o 1ª passo?
Depende de quem para começar?
Qual seu grau de comprometimento?

Ferramenta de validação

Aí vai uma super  ferramenta para você usar e saber se seu objetivo é viável ou não.
Você tem sonhos, tem capacidade, tem vontade de fazer alguma coisa, mas que coisa é essa? O que realmente eu quero? Qual meu objetivo? Você poder ter tantas opções que não sabe qual escolher, como pode não ter nenhum e não sabe o que fazer para ter.

Esse post é bem rapidinho, vem comigo e se prepare para um novo ano com realizações.
Pegue papel e lápis e faça essas perguntinhas para você e responda com TODA sinceridade. Não tenha vergonha e nem receio de ser sincero com você mesmo. Depois é só passar elo filtro SMART.




SMART
SPECIFIC ( específico)
MEASUABLE (mensurável)
ACHIEVABLE (alcançável)
RELEVANT (relevante)
TIME (prazo)

Até a próxima!



segunda-feira, 28 de novembro de 2016

SONHAR NÃO CUSTA NADA. SERÁ?!

E com a chegada do fim de ano, vem também a retrospectiva do ano que se finda e prospectiva do ano que se inicia.
Sim, vem à promessa e a esperança que, “desta vez tudo será diferente”. Vêm promessas de dietas, de se abrir para o amor ou por um fim naquele relacionamento que já está desgastado.Promessas e esperanças de conquistar aquela vaga no mercado de trabalho, ou a matrícula na tão sonhada faculdade. É, sonhar não custa nada. Podemos passar o dia fazendo isso. Mas será que não custa mesmo?  Passar o tempo todo arquitetando um futuro que nunca vem pode custar caro. Custa seu tempo, que não volta mais, desgasta suas esperanças, e pode criar um sentimento de frustração sem par.
Então, não devemos sonhar? É isso? Não! Não é isso! Devemos sim, sonhar e sonhar, pois ele é o primeiro passo para o planejamento, mas devemos (e precisamos) agir. Sair da posição do sonhar por sonhar, como um escape para essas loucuras do dia a dia e partir para a ação, para algo concreto que vai finalmente nos levar na direção do que queremos e PODEMOS ter. Sonho sem ação é ilusão!
Não adianta se lamentar pelo tempo que passou, você não pode mudar isso, mas com certeza pode tirar preciosas lições para os próximos passos.  Então vamos em frente? Pois como diz o dito popular: é pra frente que se anda.

Dream List
Vá para um lugar tranquilo e separe esse tempo para você. Se quiser, ponha uma música de fundo. Recomendo Santorini do musico Yanni.
Faça uma lista de todos os seus sonhos. Não se preocupe neste momento. É hora de sonhar e, sonhar sem limites!
Transformar sonhos em objetivos
Ex.: Férias na Disney, carro novo, começar o próprio negócio, ser um voluntário, emagrecer 5 kg, fazer um mestrado, arrumar um namorado, viajar para Marte, ter um closet cheio de roupas de marca...

Classifique por categorias: Pessoal (PE), Profissional (PR), Relacionamento (RE), Qualidade de vida (QV).

Subcategorias: Saúde (SA), Intelectual (IN), Emocional (EM), Finanças (FI), Contribuições (CO), Família (FA), Amor (AM), Social (SO), Lazer (LA), Espiritual (ES).

Prazos: Curto Prazo (CP) 1-3 anos, Médio Prazo (MP)3-5 anos, Longo Prazo (LP) 5-20 anos.

                                                                  DREAM LIST
Lista de sonhos
CATEGORIA/ SUBCATEGORIA
PRAZO






















Agora que você já sonhou, já classificou, já estabeleceu prazos, precisa estabelecer planos de ações para cada um deles.  Não sabe como? Dá uma olhadinha na página, têm dicas ótimas, mas se mesmo assim, não souber o que fazer, recomendo que procure um Coach.

Até a próxima!

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

CONTRUÍNDO UMA MENTE DE SUCESSO (2ª PARTE)

Começamos um bate papo no post passado sobre como construir uma mentalidade de sucesso.  Vimos que precisamos entender nosso MINDSET, que precisamos elevar nossos padrões a partir de micro, das coisas mais simples e aos poucos vamos avançando, certo? Ainda não leu? Então vai lá rapinho que eu espero. Link AQUI.

Essa não é nova, mas é essencial para avançarmos sempre: PLANEJE-SE!
3- Planejamento: Não importa o que você vai fazer, mas o planejamento é a start que precisa para avançar. Por favor, não se sabote com essa história de “não tenho tempo”. O dia tem 24h para todos,o que você precisa é administrar suas tarefas dentro desse tempo.  
Esse é seu compromisso, não comigo, nem com qualquer outra pessoa, mas um compromisso com você mesmo. Quer avançar? Planeje-se! Imagine seu dia seguinte e faça uma lista de coisas a fazer (e-mails, relatórios, reuniões, ligações a serem feitas etc). Comece com o que é PRIORIDADE. Isso é hábito. Não adianta fazer um dia sim, outro não. Crie esse bom hábito e ganhe aquilo que você tanto reclama que não tem: tempo.
4- Condicione-se
Do que estamos falando? De uma mentalidade de sucesso, certo? Então, condicione-se a ser um vencedor.  Quando estamos condicionados, tudo passa a ser natural. Ex.: Você começa a fazer academia, no inicio é difícil e o corpo dói, não é mesmo? Mas com o passar dos dias seu corpo está condicionado.  A repetição leva ao condicionamento, leva a ser natural.
Comece o dia condicionando sua mente. Como? Faça uma pergunta que te comprometa com o sucesso, com a excelência, com a superação. Isso é um estimulo para mente. Ex.: No que hoje eu vou ser nota 10?  O que vou aprender hoje? No que vou ser impecável? No que hoje eu vou ser melhor que todo mudo?
Treine 1, 2, 3,4... 1000 vezes. Condicionar precisa de treino, treino, treino e mais treino. À noite, quando for deitar, cuide do seu mindset. Pergunte-se: por que valeu a pena hoje? Não importa o quão duro foi seu dia, procure o que foi bom. Certamente teve.
Mantenha a mente sempre nesse objetivo, faça perguntas te estimule positivamente.


5-Tenha rotinas de sustentação, revisão e superação.
Rotina é o que se repete. É condicionamento, é treino, é hábito. ( Leia sobre hábitos AQUI)

·         Sustentação: O que eu preciso continuar fazendo, o que eu preciso manter para continuar no caminho do sucesso. Sempre temos padrões que precisamos manter. Busque dentro de você o que sempre fez que trouxe bons resultados.
·         Revisão: o que preciso mudar? O que preciso desapegar para adquirir outras coisas que me trarão mais e melhores resultados? Quais hábitos e comportamentos preciso mudar?
·         Superação: Agora que você se percebeu, quais sãos as habilidades, tarefas, hábitos que são meu diferencial e preciso melhorar para alcançar bons resultados e chegar ainda mais longe? O que você já faz bem e pode ser melhor? Onde posso evoluir?

Não é fácil, eu sei.  Mas, se você não começar, nunca vai mudar.
E se não for agora, quando você começará a mudar a sua vida? Lembre-se: daqui há um ano você terá desejado ter começado hoje.

Até a próxima!

terça-feira, 15 de novembro de 2016

CONSTRUINDO UMA MENTALIDADE DE SUCESSO

Nestes dias estava pensado em mudanças e seus desafios. Sempre falamos que precisamos de mudanças, de elevarmos nossos padrões, sermos melhores, mas é bem verdade que às vezes não sabemos nem por onde começar. Ou queremos começar no macro, queremos fazer grandes mudanças. Mudanças essas que fiquem nos anais da história, o que no mínimo, impressione aqueles que nos cercam. E é aí que mora o perigo. Grandes mudanças não acontecem do dia para a noite. Podemos nos cansar e desistir desse processo de mudança e acabar mais frustrados e desanimados do que antes.
Helen Keller, uma escritora e conferencista, a primeira pessoa cega-surda a conquistar um bacharelado dizia : “Tenho o desejo de realizar uma tarefa importante na vida. Mas meu primeiro dever está em realizar humildes coisas como se fossem grandes e nobres” 

Você já deve ter ouvido alguma frase parecida com: “Para caminha 1 milha é preciso dá um passo.” Eu sei, é um chavão. Mas você sabe que é verdade. É preciso ter paciência e persistência para mudar. Um passo de cada vez. Step By Step.

Preciso saber quem eu sou
Sim. Esse é o primeiro passo para começar a mudar. Não estou falando de nome, sobrenome, time do coração, música ou outras preferencias. Isso também faz parte de você, mas não é você.
É preciso que você se conheça a fundo; que saiba seus valores (valores movem suas escolhas), suas crenças limitantes e suas crenças fortalecedoras. É preciso conheça seu modelo mental. Seu mindset.  Já falei disso AQUI.

1º -Mindsent é a configuração da sua mente, a forma que você vê o mundo e normalmente não temos consciência dele. O que você viveu, ouviram de seus pais, suas experiências, enfim, tudo contribui para seu mindset. Esse modelo marca o que é mais ou menos importante para você, criando uma espécie de mapa. Alguns mapas são mais positivos e outros mais negativos. Isso tem a ver com suas vivências, seus valores, suas crenças...
Embora o mindset defina seus resultados ele está em constante mudança e desenvolvimento. E, é graças a essa constante mudança que podemos mudar a forma que enxergamos o mundo e começarmos num processo de mudanças. Enxergando uma nova realidade, ganhamos mais motivação para agir diferente e alcançarmos outros resultados. Tudo é treino. Você pode treinar sua mente a seu favor.  Leia AQUI.

Sabendo disso, responda essas perguntas: Quando olha para um resultado e ainda não está bom: o que está faltando para treinar? O que está faltando desenvolver? Qual habilidade está precisando desenvolver?



2º- Eleve seus padrões
Não. Você não precisa começar a frequentar restaurantes caros, comprar roupas de marca para ter padrões elevados. Dentro da sua realidade você pode melhorar. E começamos de pouquinho, para chegar ao macro. Saiba que as pessoas que alcançaram grande resultados são exatamente iguais a você. A fisiologia é a mesma. A diferença está no treino. Comece com coisas do dia a dia, que aparentemente não faz diferença, mas que fazem e muito. Lembra? Do micro para o macro. Essa transição acontecerá normalmente. Quer um exemplo? Você trabalha o dia todo, chega em casa e ao invés de preparar uma mesa bonita para jantar com sua família, o cansaço vence e cada um põe seu prato e come a seu tempo. Você perde uma oportunidade de ter um momento gostoso, bonito com quem realmente importa. E também perde a oportunidade de elevar seus padrões. Traga mais qualidade de vida para você. Que seja arroz com ovo (que alias eu adoro)! Mas faça dessa a mais bonita refeição de vocês e celebre a vida!
Tem um relatório ou trabalho para fazer? Por mais que ninguém lhe cobre, ou se importe se vai ser uma nota 7, cobre-se e faça o melhor da sua vida. Habitue-se a ser cada vez melhor. É assim que elevamos nossos padrões. 
Começamos com o simples, o fácil, e até o banal e vamos criando um mindset com níveis cada vez mais elevados. Elevar padrões não tem a ver com valores monetários, mas com o cuidado e capricho em fazer cada coisa. Manter seu guarda-roupa, sua casa, seu escritório, o ambiente a sua volta arrumados, pode parecer banal, mas esse é um treino para sua mente elevar cada vez os padrões. Você condiciona-se a não contentar-se com o mais ou menos. É treino. Divida em tarefas menores e assim você cria motivação para continuar. Não tem que ser tudo de uma vez. Vá aos poucos. Movimento gera movimento que gera resultados. Com pequenos passos na direção certa, você vai longe.
Uma pizza pode virar um banquete. 

Cuide de seus relacionamentos. Como você fala com as pessoas? Cuidado com seu tom de voz! Não esqueça de que nossa vida é feita de relacionamentos. A opinião do outro importa sim. Afinal, tudo é baseado em relacionamentos, sejam eles pessoais ou PROFISSIONAIS. Evite brigar à toa, mesmo que você tem razão. Que resultados positivos para você e o outro trará? Se não beneficiará todos os envolvidos, esqueça. Pense: vale a pena entrar nessa discussão? Seja gentil com todos e isso inclui: o porteiro, o faxineiro, crianças, idosos, o motorista e não só pessoas que tenha cargos elevados ou status financeiro. TODOS merecem respeitos. Respeite e será respeitado. Seja gentil que a vida vai retribuir a gentileza.

O post já está deverás longo e ainda faltam dois passos e uma ou duas “cositas más”, mas vai ficar para o próximo.

2ª parte AQUI


Então, até o próximo!

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

ORA, DÁ UM TEMPO!

 Casa, escola, trabalho, filhos, trânsito... argh!  Tem hora que dá vontade de jogar tudo para o alto! A cabeça fica a mil por hora e não conseguimos mais pensar com clareza, com lógica e nossos resultados despencam. O que fazer para alcançar melhor desempenho e melhores resultados? Ora, dá um tempo! Isso mesmo, tá na hora de dá um tempo e oxigenar e turbinar o seu cérebro.

 Dr. Herbert Benson, fundador-presidente e pesquisador do Instituto Corpo/Mente da Faculdade de Medicina da Universidade de Harvard, em Boston, EUA, há décadas estuda que acalmar a mente, além de combater insônia, TMP, estresse, pode ajudar a alcançar melhores resultados em todas as áreas da sua vida.
 O autor do best-seller A resposta do Relaxamento, afirma que: “o pensamento cotidiano nos aprisiona” e é preciso dar um tempo a combalia, a ruina, ao abatimento da mente. A obsessão elos problemas, gera estresse e isso impede melhores resultados.  Para Benson, é preciso afastar-se dos problemas para criar mudança no sistema nervoso  produzir calma e lucidez.
 Dá um tempo para relaxar afasta o bloqueio e torpor intelectual.  Meditação, esportes, música, não importa, apenas busque o que te trás calmaria e relaxamento.
 Charlene Abrams, engenheira de software passa horas tecendo na sua varanda de casa em St. Louis, para ela a brisa da noite e o movimento do pedal “É uma experiência zen”.  Para ela, essa prática cria um distanciamento dos problemas que vivencia, dando o espaço e tempo necessário para produzir as respostas que precisa.
 O podólogo Tom Amberry, 80 anos, em 15 de novembro de 1993 fez 2.750 cestas consecutivas.  Toda a manhã faz arremessos livres nua academia e Seal Beach, Califórnia. Para ele o segredo é se deixar absorver por uma rotina física que tira ideias negativas, como por exemplo, errar a cesta.  Amberry foca sua atenção nos ombros, alinhamento dos pés, e quica a bola de olho na cesta. Esse desvio de atenção para a parte física e não “se a bola vai entrar na cesta” faz toda a diferença para ele.

 Benson tornou-se pioneiro nos estudos da medicina mente X corpo. Precisamos estar atentos a aos cuidados não apenas com o corpo, mas com nossa mente. Ora, se aquilo que comemos e bebemos afetam positiva ou negativamente nossa saúde, e precisamos dormir e descansar para recuperar nossa disposição e energia, assim também é nossa mente. Aquilo que pensamos a nutre para um bom ou mau desempenho, e relaxar, dá um tempo, é essencial para recuperar o foco. Então, não esqueça: dê um tempo!

Até a próxima! 





quarta-feira, 19 de outubro de 2016

CONTROLE DO CÂNCER DE MAMA

Hoje vou trazer para vocês texto retirado do site do INCA ( Instituto Nacional do Câncer José de Alencar Gomes da Silva) uma sumidade em tratamento dos mais variados tipos de câncer.
Embora outubro esteja indo embora, a doença não. Ela está aí e mata todo ano centenas de mulheres. É preciso se prevenir e propagar essa ideia.

Controle os fatores de risco

A prevenção primária do câncer de mama está relacionada ao controle dos fatores de risco conhecidos e à promoção de práticas e comportamentos considerados protetores.

Os fatores hereditários e os associados ao ciclo reprodutivo da mulher não são, em sua maioria, modificáveis; porém fatores como excesso de peso corporal, consumo de álcool e terapia de reposição hormonal, são, em princípio, passíveis de mudança.

Estima-se que, por meio da alimentação, nutrição, atividade física e gordura corporal adequados, é possível reduzir em até 28% o risco de a mulher desenvolver câncer de mama no Brasil [1]. Como medidas que podem contribuir para a prevenção primária da doença, estimula-se, portanto, praticar atividade física regularmente, manter o peso corporal adequado, adotar uma alimentação mais saudável e evitar ou reduzir o consumo de bebidas alcóolicas. Amamentar é também um fator protetor [2].

Evidências científicas sobre a relação entre alimentos, nutrição, atividade física e prevenção de câncer podem ser consultadas no resumo traduzido para o português pelo INCA [2]. O Sumário Executivo Políticas e Ações para Prevenção do Câncer no Brasil dá continuidade à publicação anterior, apontando prioridades e perspectivas de ações para prevenção do câncer [1].


Referências 

[1] INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER (Brasil). Sumário Executivo. Políticas e Ações para Prevenção do  Câncer no Brasil. Alimentos, Nutrição e Atividade Física. Rio de Janeiro: INCA, 2009. 16p.
[2] INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER (Brasil). Resumo. Alimentos, Nutrição, Atividade Física e Prevenção do Câncer. Uma perspectiva global. Tradução de Athayde Handson Tradutores. Rio de Janeiro, 2007, 12 p.
 
Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta idade sua incidência cresce progressivamente, especialmente após os 50 anos. Estatísticas indicam aumento da sua incidência tanto nos países desenvolvidos quanto nos em desenvolvimento.
Número de mortes: 14.388, sendo 181 homens e 14.206 mulheres (2013 - SIM)


Homem também tem câncer de mama

O câncer de mama também acomete homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença.
Existem vários tipos de câncer de mama. Alguns evoluem de forma rápida, outros, não. A maioria dos casos tem bom prognóstico.

Estimativa de novos casos: 57.960 (2016 - INCA)




Cuide-se! Eu sei que algumas pessoas não gostam de mencionar o nome dessa terrível doença para " não atrair", mas com todo respeito a suas crenças, não é não mencionar que afastará a doença, mas o controle dos fatores de risco e a prevenção. Procure orientação de médico e faça o autoexame.

Como fazer o autoexame:

 


Visite o site do INCA:http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/inca/portal/home




quarta-feira, 28 de setembro de 2016

DESACELERE, RESPIRE E NÃO PERCA O FOCO.


É bem verdade que vivemos num frenesi sem tamanho. Contas a pagar, falta de grana, de emprego, preocupação com a situação do país, nosso dia a dia que não é brincadeira, mas é preciso desacelerar e focar.
Sabemos que precisamos tomar decisões importantes que vão impactar a nossa vida e a vida da nossa família, praticamente todos os dias. É preciso ter foco, energia para dá conta de tudo e isso não é fácil.
Já falei para vocês que nosso cérebro tem um limite de “boas decisões diárias” .
Leia AQUI. E, manter a energia e o foco para que elas sejam as mais acertadas possíveis dá trabalho.

Então, que tal desacelerar?
Uma boa saída para guardar sua energia, concentração e foco para as coisas que realmente farão diferença e sua vida, é se livrar dos excessos.  
Passado, presente e futuro em demasia causam problemas.
Pessoas presas ao passado, às tristezas que aconteceram, os problemas ou as decisões que tomaram ou que deixaram de tomar, podem se tornar depressivas e difíceis de ver uma luz, de ver uma saída, um novo começo. Se você está nesse patamar, pense: o que eu aprendi com tudo isso?
Não é esquecer o passado, que sabemos, nem sempre é possível, mas é não fazer um monumento a sua dor e tristeza. Você não tem como muda-lo. Aconteceu. Não dá pra ligar a máquina do tempo e fazer tudo de novo. Mas é possível, a partir daí, fazer diferente.

Acordar cedo, por as crianças, ara escola, preparar café-da-manhã, ir ao mercado, pagar as contas, pesquisas vagas em aberto no mercado de trabalho, atualizar currículo... são tantas as tarefas do dia a dia, são tantas as preocupações...
O presente também têm suas armadilhas.  Além do atribulado cotidiano, às vezes somos assolados por situações que nos abalam profundamente. Gosto muito da reflexão de Brian Tracy:
 "Você não pode controlar o que lhe acontece, mas você pode controlar a sua atitude em relação ao que lhe acontece, e pode controlar as mudanças ao invés de permitir que elas o controlem.” ·.
O excesso de preocupação com o dia a dia, além de sugar sua energia e foco, trazem uma das piores doenças do novo milênio: o estresse.
Sabemos que o que fazemos hoje vai refletir no nosso futuro. Precisamos estar focados nas decisões importantes, pois isso impactará negativa ou positivamente no futuro. E, por falar e futuro...

O futuro a Deus pertence alguém há de dizer, outros talvez acreditem no que destino, e o que “está escrito não pode ser mudado”. Mas independente da crença de cada um, o futuro também trás seus excessos.  O “será que”, também perneiam nossos pensamentos e dificultam nossa concentração e foco no “agora”.  Deixamos de viver o momento sempre presos em excessos. Perdemos a energia porque não conseguimos nos livras deles.
Com isso, dificultamos as boas tomadas de decisões e não aproveitamos as coisas boas que a vida tem.



Então, DESACELERE. Respire. Vá com calma. Faça algo que te traga um pouco de tranquilidade. Seja ouvir uma música, ler um livro, parar em frente uma paisagem e contemplá-la. Ou simplesmente um lugarzinho na sua própria casa. Apenas desacelere e viva um pouco mais o presente, mas sem excessos.

Aprenda com Dr Cyro Masci exercícios extremamente simples que farão diferença na sua saúde.

https://youtu.be/XR9funzWGdY

Até a próxima!



segunda-feira, 26 de setembro de 2016

TRANSFORME-SE! RENOVE-SE!


Estou sem computador há algumas semanas, por essa razão o blog está parado. Mas hoje fiz uma “ gambiarra” para faze-lo funcionar.
Esses dias foi minha renovação de votos matrimoniais, e embalada pelo clima de romance no ar, resolvi refletir com vocês sobre a palavra RENOVAÇÃO.

Há diversos significados- embora parecidos- no dicionário. Dependo do emprego da palavra pode ser usado um ou outro. Hoje, ficaremos com o meu significado favorito: transformar o novo em novo, de novo. Parece até trava língua, mas não é. Tudo que é novo hoje, amanhã já não é mais. Um vestido novo, só é novo até a primeira vez usamos. Logo ele já sai do status novinho para usado. E assim é com muitas e muitas coisas. Mas, e com a nossa mente? Quando estamos cansados de lutar, cansados de pensar, e até cansados de ser. O que fazer quando chegamos a esse patamar?
O mercado, principalmente aqui na Internet, tem oferecido várias ferramentas de mudanças, transformação, de alavancada de vida ( em qualquer esfera da vida), e a gente fica até meio que tentado a comprar ou adquirir umas dessas ferramentas, né não?
Sim, acredito que muitas são válidas e eficientes, mas até nas ferramentas mais certeiras, nada vai acontecer se você não se renovar, ou se não transformar sua mente em nova, de novo.

VOCÊ É SEU MELHOR RECURSO.

Leia AQUIAQUIAQUI e AQUI



Falar é tão fácil...
Fazer pode não ser tão fácil, não vou mentir para vocês, mas não é impossível. Tudo começa no seu pensamento, que vai gerando ação, depois hábitos, e por fim, cria um padrão de  comportamento.
Faça uma lista de 3 coisas que não lhe agradam em você de jeito nenhum, e procure ver porque age da forma que age. Qual o deixa ou gatinho que faz você agir desta ou daquela forma? O que você pode fazer para não deixar esse determinado comportamento acontecer de novo?
Onde você quer chegar? O que você precisa fazer para chegar nesse objetivo? O que você tem que deixar de fazer para ficar mais perto desse objetivo?
O que você anda lendo, ouvindo, ou assistindo na TV, Internet que podem influenciar de forma negativa nesse comportamento que deseja tanto mudar? O que você precisa ler, ouvir, assistir para ajuda-lo a chegar mais perto do seu objetivo?
Pode parecer que não, mas somos positivos ou negativamente influenciados por tudo a nossa volta, então proteja sua mente, e cerque-se de pessoas e coisas boas, positivas, integras e quem tenham seus próprios objetivos e sonhos.


 

Pense nisso e até a próxima!

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Produtividade?! Energia?! Decisão?! Foco?!...Mas como ter tudo isso?????


Cada vez mais as empresas exigem produtividade de seus trabalhadores. Mas não basta somente produzir, tem que ter qualidade e cada vez mais e em menor tempo. Com tantas decisões e com tantas tarefas a serem realizadas, às vezes nos sentimos perdidos e exauridos com tantas exigências.
Então, como conseguir tudo isso no nosso tão corrido dia a dia. Primeiro gosto sempre de lembrar que nada é receita de bolo ou fórmula mágica, e, para ter resultados é preciso ter paciência.

Vamos começar pelas decisões. Independente do seu cargo, sua função, sua profissão, você sabe que decisões serão tomadas a todo instante e todos os dias, mas o que talvez você não saiba é que nosso cérebro por mais fantástico que seja, tem um limite de decisões a serem tomadas por dia.  Concentrar-se é uma das tarefas mais árduas para o cérebro. Quantas vezes você precisou escrever um e-mail importante, um relatório, ler aquele livro para o trabalho da faculdade e primeiro viu o Facebook, Whatsapp, viu algum site que não tinha nada a ver com sua tarefa? As distrações são muitas, principalmente nesse mundo moderno com tantas distrações...
Produzir cada vez mais e melhor é uma exigência dos dias atuais.
A cada vez que você toma decisões, cansa o cérebro e consequentemente a qualidade das decisões fica comprometida. Imagina “decidir decisões”? Decidir quais decisões são importantes no mesmo dia pode comprometer a qualidade das suas ações, já que há um desperdício de energia que comprometerá o foco no que é mais importante.
Se você faz uma lista de tarefas importantes no dia anterior, terá muito mais energia e foco, e consequentemente mais qualidade nas suas decisões. 

Jonas Lehrer, escritor científico, afirma que “se você demora muito tempo para tomar uma decisão, ou se concentra em demasiado nela, as decisões seguintes podem ser afetadas. Imagine que você demore muito tempo se vai ou não comer sobremesa (mesmo que deseje muito) e logo em seguida precisa decidir entre duas propostas de emprego, a qualidade da segunda escolha pode ser comprometida”.
Segundo esse autor, o cérebro já está tão exaurido, que o poder de concentração sobre prós e contras das duas opções, já estão nebulosas.

Energia cerebral 

Eliminando excessos.
De acordo com Thelm, empresário, escritor e Coach, nós temos dois grandes grupos de tarefas no dia a dia: tarefas de produção (pagar conta, responder e-mails, fazer ligações) e tarefas de ocupação (que direcionam a conquistar nossos objetivos, sonhos e metas).
Thelm afirma que se diminuirmos as tarefas de produção, ganharemos tempo, energia e foco para as tarefas de ocupação. Para isso é preciso no fim de semana (isso mesmo na sexta-feira), você responda duas grandes perguntas:

  • O que eu fiz nessa semana que não deveria continuar fazendo?
  • O que eu tenho que fazer para não fazer as tarefas na próxima semana?

Sim, mesmo que você trabalhe sozinho, sempre existem tarefas que podemos delegar, ou deixar de fazer. Faça um balanço disso e veja quanto tempo você terá para ocupar-se do que realmente vai lhe dá resultado.


Até a próxima!

sexta-feira, 29 de julho de 2016

O QUE TE FAZ SORRIR?


Sorrir e ver sorrisos faz bem pra alma.


Sem nenhuma ferramenta formal, sem nenhum dado estatístico, sem nenhuma pretensão de ser IBOPE, posso afirmar que, a maioria das pessoas vive num corre-corre danado sem tempo para respirar ou curtir coisas bem simples.
Vivemos de um lado pro outro “casa-trabalho-curso-casa”. É um circulo vicioso. E pode ser danoso...
Credo! Danoso?! Sim, danoso, mas calma que eu explico: o dia a dia é tão intenso, e às vezes tão duro, que não paramos para dá uma folga a nós mesmo. Dá uma paradinha bem rápida para nos lembrar de que a vida é um presente, mas “é preciso saber viver”.

Ah, o tempo não para...
O tempo não volta mais, o hoje e o amanhã, logo será ontem. E, como você vai lembrar-se do dia de HOJE? Um dia cansativo? Estressante? Nem lá, nem cá?
Saiba que você pode mudar essa perspectiva, basta olhar para coisas bem simples que podem valorizar o dia. Como? Pense: o que te faz sorrir?

Lembro que logo que comecei minha graduação, ainda não conhecia todos os caminhos, todos os meios de transporte para chegar a faculdade ( era um lugar até então, desconhecido por mim), então, pegava um ônibus lotado às 5h e 30m (detesto acorda cedo) e ia até a Rodoviária Novo Rio (para pegar outro ônibus lotado). Isso era cerca de 1h/1:30m em pé, no aperto. Mas duas coisas me faziam bem durante a “sufocante viajem”: 1ª ia fazer a graduação dos meus sonhos e nada abalava meu humor. 2ª eu via o sol nascer todo dia, e sou louca pelo nascer e por do sol.
O primeiro estava atrela a meu pensamento e a forma que eu encarava aquela situação, a segunda, a um fenômeno natural, que acontece diariamente e que seu estive dormindo, ou acordasse mais tarde, não presenciaria.

Nascer do sol é privilégio de
 quem acorda cedinho, cedinho
Hoje, anos depois, não faço mais esse percurso, e também não acordo tão cedo, mas tem uma coisa que me faz sorrir sempre, mesmo quando os problemas estão em ebulição: minha família. Sempre fazemos uma refeição juntos, e, são risos, gargalhadas, brincadeiras e muita zoação. Paro para olha-los brincando, rindo, zoando um ao outro e ...largo maior SORRISÃO. E, claro, entro no clima...rs.
Além disso, outras coisas bem simples me fazem sorrir:  ver flores na rua, uma mãe amentado seu bebê, alguém ajudando outro alguém, um pai brincado com seu pequeno...coisas simples, mas, que me fazem sorrir e ver que há beleza na loucura que é o dia a dia.

Perguntei a algumas pessoas o quê as faziam sorrir, e as respostas foram variadas:
Fila grande sinal de açaí bom,
 motivo para E.B.F sorrir
  • G.A, 30 anos: “cantar e dançar me faz sorrir”.
  • T.C, 33 anos: “está com a minha filha”.
  • J.P, 29 anos: “o amor do meu esposo”.
  • L.P, 22 anos: “uma boa música, e justiça sendo feito, me fazem sorrir”.
  • L.M. P, 16 anos: “meu tio, ele é engraçado... rsrsrs”.
  • E.B. F, 28 anos: “ver uma barraca de açaí com a fila grande (quer dizer que ali é bom)".


E, acredite, teve gente que não soube responder... : (

Por que isso acontece? Hora, porque, talvez pensemos que precisamos de mais e mais para sorrir, ou sermos feliz e nos esquecemos de ver a beleza do dia a dia em toda sua rotina de “casa-trabalho-curso-casa”.
Vou fazer um desafio. A partir de hoje, procure na sua rotina, no seu dia a dia, motivos que lhe farão sorrir. E, viva esses momentos únicos do seu dia a dia, com intensidade, não espere para ser feliz, pode ser que daqui há algum tempo, você venha a se lamentar por não ter vivido o hoje.

Deixando aqui o link da música Epitáfio do Titãs para deleite e reflexão:


Até a próxima!


domingo, 17 de julho de 2016

UNI-DUNI-TÊ O ESCOLHIDO FOI...




Quem nunca se deparou com uma escolha ? Decisões fazem parte da nossa vida todo santo dia. Escolhemos que roupa usar, qual trajeto fazer, qual filme assistir, onde vamos almoçar... 
E as escolhas importantes que podem mudar o rumo da nossa história? O que fazer quando você precisa escolher rapidamente em ter uma coisa ou outra?

Decisões são difíceis de serem tomadas e a ciência tenta entender como esse processo e feito no cérebro.
Dentre as descobertas feitas, percebeu-se, que, muitas opções, cansam e dificultam a escolha. Como por exemplo, quando você vai comprar um celular. São tantas as opções e modelos, que uma tarefa que deveria ser simples, acaba sendo complexa. Claro que, no caso de um celular, você pode trocar, ou comprar outro, se a primeira escolha não for a mais adequada, ou, mesmo que escolha a ficar com o modelo adquirido não irá ter grandes repercussões na sua vida.

Mas e se for alguma coisa mais séria?

Gerônimo Theml, fundador do Ferramentas de Coach, ensina uma técnica excelente. Analise as opções que você tem e faça as seguintes perguntas e responda com TODA sinceridade:
  1. Dentre as opções que você tem, se tivesse 10 segundos para escolher qual seria?
  2. Alguma dessas opções pode fechar outras portas?
  3. Qual caminho que se você seguir permite que você volte, caso não seja a melhor opção?


Quando temos mais de uma opção, e todas são interessantes e atraentes, mas só podemos escolher UMA, é importante que se analise as situações. Faça a escolha, que permita voltar, caso no futuro, essa escolha não tenha sido a melhor. Assim, podemos voltar ao ponto de partida e fazer novas escolhas. Sem arrependimentos, sem culpa, mas aprendendo e crescendo sempre.



Até a próxima!




sexta-feira, 8 de julho de 2016

O QUE VOCÊ QUER SER QUANDO CRESCER?

Sempre ouvíamos essa pergunta quando éramos criança e nossa imaginação ia longe... bombeiro, astronauta, bailarina, professora...

Mas é bem verdade, que, alguns de nós, chegamos à idade adulta e ainda não descobrimos o que “queremos ser quando crescer”, mesmo já crescido...
Sim, nós trabalhamos horas a fio, alguns em mais de um emprego, porém não estamos felizes com nossos empregos e carreiras. Acordar cedo para trabalhar é um pesadelo, e quando percebemos que o dia de folga está acabando bate um vazio sem fim.
Pesquisam revelam que mais de 70% dos trabalhadores brasileiras estão insatisfeitos com o trabalho.
Talvez você esteja pensando: “pronto! Agora vem o lengalenga que é hora de mudar, de ser feliz fazendo o que ama blábláblá”.
É bem verdade que eu acredito mesmo que você pode ser feliz fazendo o que ama, e que sim, você, e só você pode mudar o rumo da sua história. Mas, “cá entre nós”, estamos vivendo uma crise danada, e talvez não seja a hora e o momento de “chutar o balde”. Essa decisão é sua.


Ué? Mas agora deu nó! Se não é pra mudar, é pra fazer o quê afinal?
Sim, é pra mudar! Sempre tem que ter mudança! E ela tem que vir de VOCÊ.  Reflita: você tem a opção de sair do seu emprego para outro, ou, agora é a hora de empreender um negócio? Se sim essa é a hora, então, está esperando o que “fio de deus”? Saia desse marasmo e mãos à obra!
Agora se você analisou o cenário, e percebeu que precisa juntar capital, ou fazer uma formação, ou por qualquer outra razão ainda não é hora, mude! Mas mude sua postura em relação a seu emprego. Ache o motivador que está em você (motivação é interna) e faça do seu trabalho o melhor possível.

O trabalho dignifica o homem.
Saiba que seu trabalho tem uma importância significativa para sua empresa. E, mesmo que ninguém reconheça, VOCÊ precisa reconhecer o VALOR. Se você despreza o que faz, como quer que seu chefe, seus colegas de equipe, sua família, seus amigos, valorizem?
Afirmo e reafirmo: TODO trabalho, TODA função, TODO cargo tem importância.
Quem limpa o lugar onde você trabalha? Quem assessora o elevador? Quem recepciona? Quem põe as mercadorias no lugar? Quem recebe o valor do produto e embala para o cliente levar para casa? Quem garante a segurança do local? Funcionários como você!



Antes de mudar de trabalho ou de empreender, avalie seu comportamento no seu atual emprego e pense: você contrataria alguém como você? Você seria sócio ou fecharia contrato com alguém como você? Sua maneira de agir agora influirá como você agirá no futuro.
Pense: o que eu posso fazer para tornar meu trabalho mais agradável? O que eu posso fazer para melhorar o trabalho do meu colega ou equipe? Como posso contribuir para tornar minha empresa num excelente lugar para se trabalhar?
E, quem sabe a partir daí você estará pronto por próximo passo?


Veja como atitudes simples podem mudar o ambiente:



Até a próxima!

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Simplismente P.N.L



Muito se ouve falar do poder da mente. Há quem diga, que se você souber usá-la bem, pode até mover objetos; isso é chamado de telecines e alguns filmes foram feitos tratando desse assunto, mas nada foi cientificamente comprovado. Mas afinal, até onde a mente pode ser controlada ou usada a nosso favor? Será que é possível  “ atrair” coisas? Não sou uma pessoa mística, e sinceramente ainda acho essa história de mover objetos muito hollywoodiana ( perdoe-me os que acreditam), mas a boa notícia é que sim, podemos ajudar as coisas acontecerem com mais efetividade. Sua mente pode ser treinada, ou melhor, seus pensamentos podem ser treinados a irem na direção certa. Como? Com Programação Neurolinguística, ou simplesmente P.N.L

Pensamento Positivo ou ciência?

A gente sabe que, quando pensa em coisas boas nosso coração se alegra, a própria Bíblia, no livro das Lamentações 3:21 diz que  devemos “trazer a memória aquilo que nos dá esperança”.
P.N.L não é pensamento positivo, é muito mais do que isso. É ciência. Ela surgiu na Califórnia, na década de 70, com o matemático Richard Bandley, o terapeuta e estudioso da informática Gestalt, e o linguista Jonh  Grinder, eles estavam interessados em estudar alguns dos maiores terapeutas da época e observaram seus comportamentos  e para isso precisavam descobrir como pensavam.
De acordo com Plínio de Souza da Ápice Desenvolvimento Humano:

O objetivo era identificar os padrões linguísticos e comportamentais utilizados por estes profissionais e poder aplica-los, e posteriormente ensiná-los, obtendo os mesmos resultados extraordinários. Assim seus criadores identificaram e organizaram suas descobertas em um conjunto de modelos, técnicas e princípios e deram o nome de Programação Neurolinguística (PNL):
Programação: mecanismos ou esquemas inconscientes, rotinas instaladas;
Neuro: fisiologia, emoção, sensação, 5 sentidos, representações internas;
Linguística: estrutura linguística, pensamentos, crenças, valores.

Por trás de todo comportamento existe uma estrutura de pensamento formado que impactam positivamente ou negativamente nas nossas ações.
A neurociência afirma que nosso cérebro está em constante mudança e está em constante reorganização. As ações que tomamos, as experiências que temos e o que aprendemos consciente, ou inconscientemente, contribuem para essas mudanças. LEIA AQUI.
O que você pensa, o que você fala, as imagens que trás à memória de forma repetida, e até intensa, influencia na configuração do seu cérebro. Logo, se você gosta de falar mal de si mesmo, se depreciar, reclamar de alguma coisa repetidamente, só está dando comando ao cérebro e reforçando a ideia. Por exemplo, se costuma dizer que não aprende matemática, está dando instruções ao cérebro para criar mecanismo que dificultará mais e mais o seu aprendizado. 
Já reparou que quanto mais você reclama mais acontece? Quem nunca usou o velho ditado :” quanto mais rezo, mais assombração aparece” ?

E o que faço com essa informação?

Primeiro entenda que a P.N.L é uma ferramenta para usar a seu favor e não a solução para todos os males do mundo. Pensamento leva a ação. Não adianta ficar nas redes sociais, ou deitado no sofá pensando “ quero ser um advogado” por exemplo e achar que isso é suficiente. Tem que estudar, correr atrás, batalhar, acordar cedo, ser disciplinado, enfim, sem esforço  nada mudará em sua vida. Porém quando você usa a sua mente a seu favor e busca melhorias e crescimento, menos tempo terá para lamentar.
P.N.L  poderá ajuda-lo em ser mais focado, a eliminar pensamentos que não trarão benefício nenhum e definitivamente tirar da sua vida a reclamação.
Mas, é claro que tudo depende do que realmente você quer para sua vida. 

Tenha cuidado com o que você pensa, pois a sua vida é dirigida pelos seus pensamentos.
Provérbios 4:23 NTLH

Até a próxima!



terça-feira, 14 de junho de 2016

VÍDEO- CURRÍCULO, POR QUE FAZER?

O desemprego está em alta, isso não é novidade pra ninguém. Hoje no Brasil temos mais de 11 milhões de pessoas em busca de seu lugar ao sol. É uma jornada diária: faz currículo (currículo deve ser personalizado, leia AQUI), envia, enfrenta filas e mais filas de inscrições, faz busca nos sites especializados e... nada! Chaga a bater um desespero, não é verdade? Mas não desista! O mudo pertence aqueles que sabem se levantar de uma queda. Leia AQUI.
Mas se você já fez o seu, ou, seus currículos, já se preparou para a entrevista (leia AQUI), está se atualizando (leia AQUI), o que mais falta? O que você ainda não fez, e que se fizer, pode ajudá-lo nessa jornada.
Vídeo-currículo, uma forma de se destacar.


Você já ouviu falar de vídeo-currículo? Isso mesmo! Um vídeo onde você fala de suas experiências, formação, perfil profissional...

Quem não lembra de Elle Wood, interpretada por Reese Wintherspoon no filme Legalmente Loira? Ela faz um vídeo-currículo para entrar em Havard. Claro que no filme a personagem faz de uma forma não muito ortodoxia e inadequada, mas é um filme de comédia, então, por favor, nada de fazer igual a ela. Lembrem-se que no final de tudo ela se torna uma aluna exemplar.

No cinema, tudo pode acontecer, na vida real não.



Parecido com o currículo impresso, porém de uma forma mais criativa, e porque não dizer, simpática, o vídeo-currículo aproxima você do entrevistador e aumenta suas chances no mercado. Mas não é simplesmente pegar seu celular e sair por aí gravando. Não é um vídeo para se candidatar ao B.B. B (Big Brother Brasil), mas para uma vaga em uma empresa que tem uma imagem de mercado a zelar, e você a sua imagem de profissional.

Vamos às dicas:
  • ·         Pesquise.

Saiba para qual empresa você deve enviar o vídeo-currículo. Qual a área de atuação? Quais os concorrentes? Qual o momento atual da empresa? Essas são algumas das questões que devem ser levantadas antes começar o seu vídeo.
  • ·         Aparência

O que vestir? Qual fundo usar? Dependendo da empresa e seu mercado de atuação, você deverá usar uma roupa formal ou uma mais despojada. Como por exemplo, uma empresa que atua no mercado financeiro e uma que atua na área de propaganda e marketing.  A primeira tem um jeito mais formal e a outra bem mais informal. Lembre-se informal não significa que você deva se vestir como se tivesse indo a uma rave.  Tenha cuidado nessa hora. Procure saber como se veste as pessoas que trabalham na empresa a qual você está se candidatando. O Google nessa hora é de santa ajuda.
  • ·         Texto

Nada de aparecer na frente das câmeras lendo papel. Saiba o que vai falar. O que você quer contar ao seu possível empregador? Use corretamente o Português, fale de maneira pausada, mas com vida, com ânimo. .  Não é pra contar a história da sua vida, nem suas desilusões amorosas.  Em hipótese alguma fale sobre sua vida pessoal, ou de outra pessoa. Nada de religião, política, futebol ou qualquer assunto polêmico. Fale de “você profissional”. Desperte o desejo em conhecê-lo. Lembre-se: o bom do vídeo é que você pode fazer e refazer até está perfeito.
  • ·         Tecnologia a seu favor.

Veja se a gravação e o som vão sair perfeitos. Teste. Se puder contrate alguém para fazê-lo. Se não houver essa possibilidade, pegue uma câmera emprestada, ou peça ajuda a alguém que saiba fazê-lo. Cuide também do ambiente de gravação. Não deve ter ruídos, barulho, nem pessoas atrapalhando. Nesse momento você é o centro do universo. Cuide também para que não saia na gravação objetos que não ajudem a fomentar sua imagem de profissional, como por exemplo: louça suja, cama (arrumada ou não), porta de banheiro aberta, enfim, nada da sua vida particular. É sério.
  • ·         Tempo


“Time is Money” já dizia Franklin. O tempo ideal é 1 minuto, não vá muito além disso. Evite ser cansativo e repetitivo. Ensaie quantas vezes forem necessárias. Lembre-se que os primeiros 10 segundos devem despertar o interesse para ver até o fim. 
  • ·         Postura profissional

Como citei acima, você não está participando de um reality show, por isso mantenha a boa postura. Além das roupas adequadas, da boa fala e entonação da voz, tenha uma boa postura corporal. Nada de gestos exagerados, mexer no cabelo, ficar se coçando, ou outro tique. Repito: ensaie, grave e regrave até sair perfeito.

Uma postura profissional adequada faz toda diferença.


Veja como a personagem Barney Stinson, da série de TV Americana How I Met Your Mother  ensina como não fazer um vídeo-currículo em um site de compartilhamento de vídeos. LINK AQUI





Se você quiser uma avaliação profissional, 100% grátis, envia o link que te dou o feedback.

ATÉ A PRÓXIMA!